slide

História


Chá Essiac - antioxidante natural para o tratamento complementar de cancro e outros casos de debilidade imunitária



A peça de vídeo em baixo, mostra-nos de forma resumida a história de Essiac e Rene Caisse:






Essiac, a sua história:



Essiac começou a ser usado em 1922 por Rene Caisse, uma enfermeira canadiana que dedicou a sua vida a ajudar pessoas com diversas situações de doença e de debilidade imunitária.


A história de Essiac começa com uma doente da enfermaria, que contou a Caisse acerca de uma infusão, preparada pelos Índios Ojibwa ou Chipewua, com a qual tinha curado um cancro no seio. Rene interessou-se pela infusão e testemunhou a sua ação curativa, quando deu a mesma à sua tia materna, a qual tinha sido operada a um tumor (cancro no estômago extensivo ao fígado), e que levou a que lhe dessem não mais que seis meses de vida. Com a ingestão das infusões, a sua tia ficou curada (acabou por viver mais 21 anos). Após esta experiência direta, Rene Caisse percebeu que estava perante uma fórmula de combinação de ervas capaz de melhorar a condição de muitos doentes.

Caisse chamou então à combinação das 4 ervas Essiac, o seu nome soletrado para trás.


Em 1922, Caisse deixou o hospital onde trabalhava como enfermeira e foi para Ontário, no Canadá, onde começou a espalhar a palavra, entra as pessoas com cancro, acerca das curas e benefícios do chá Essiac. O seu trabalho e dedicação teve tal impacto  que obteve algum sucesso e, em 1938, o governo canadense esteve mesmo prestes a legalizar a fórmula da combinação das 4 ervas como um medicamento para pacientes com cancro. No entanto, isso nunca chegou a acontecer.


Durante oito anos a enfermeira Rene Caisse geriu uma clínica privada em Bracebridge, em Ontário, a "clínica do cancro". Caisse tratava entre 3 a 600 pacientes por semana, mas só tinha permissão para o fazer se não cobrasse nada e se tivesse um diagnóstico médico para cada caso que tratava.

Ao longo da sua vida, Caisse tratou milhares de pacientes com cancro. Alguns diagnosticados pelos seus próprios médicos e tendo já recebido diversos tratamentos diferentes. Foram documentados milhares de casos de progresso de pacientes. De acordo com testemunhos da época, muitas pessoas conseguiram recuperar das suas doenças e enfermidades e, até mesmo nos casos muito graves e avançados (em que a pessoa não sobrevivia) as famílias confirmavam que o paciente tinha tido uma melhoria da qualidade de vida.

Rene sempre lutou com dificuldades financeiras que a impediam de enfrentar as inúmeras batalhas legais de que foi alvo e, não sendo médica, foi permanentemente ameaçada de prisão, acusada do exercício de medicina sem suporte legal e académico.
A vida desta enfermeira não foi fácil, porque juntamente com a alegria de saber que podia melhorar a condição de saúde de muitas pessoas, encontrou sempre a oposição da maioria da classe médica e das poderosas empresas e corporaçõees relacionadas com a saúde.


Após a sua morte, em 1978, todos os seus documentos foram queimados pelas autoridades e, o seu milagroso remédio de ervas foi proibido em muitos países. Noutros países proibiram algumas das plantas, como a Erva-azeda (Rumex Acetosella), e a maioria dos editores foi pressionada para não editar livros sobre o assunto.



O vídeo em baixo, conta-nos um pouco acerca da história de Essiac e das dificuldades que Rene Caisse enfrentou, ao longo do seu percurso de vida, sempre conduzida por uma vontade enorme de ajudar a condição de saúde humana.


 























Mais informação:




Sem comentários:

Enviar um comentário